Quirera com Costelinha de porco

Um prato que me lembra da infância é a quirera com costelinha de porco. Meu pai preparava em uma panela de ferro enorme e assim sendo durava por dias.

A quirera é chamada também de canjiquinha em alguns lugares. É feito de milho grosseiramente triturado, a fim de esfarelar, de tal forma que não passe por uma peneira.

Essa receita é uma delicia para dias frios. Ela dá muita sustância e ao mesmo tempo esquenta. Fica uma delicia com uma pimenta da brava e ainda mais com uma couve refogada.

Ingredientes

  • ½ quilo de costelinha de porco (pode ser com osso);
  • 1 cebola média;
  • 3 dentes de alho;
  • 1 cenoura média;
  • 250 g de quirera;
  • Alecrim, sal e pimenta do reino a gosto;

 Modo de preparo da costelinha de porco

Antecipadamente, pique em cubos grosseiros a cebola e o alho. Em uma panela de pressão, refogue a cebola e em seguida o alho. Quando dourar o alho, adicione a costelinha de porco, coloque alecrim, com o intuito de trazer mais sabor para a costelinha, e misture um pouco. Adicione água até dois dedos a cima da costelinha de porco e leve ao fogo, a fim de pegar pressão por 30 minutos.

Logo após 30 minutos, deixe a pressão liberar e abra a panela. Em seguida acrescenta a cenoura em rodelas e salgue no seu gosto. Complete novamente com água (deixe uma água fervendo com a finalidade de acelerar o processo) até cobrir dois dedos a cima da costelinha e leve para a pressão novamente por 20 minutos.

Imediatamente após 20 minutos, retire a pressão da panela e abra. Leve a panela ao fogo alto, adicione a quirera na panela e mexa até secar a água. Está pronta a quirera com costelinha de porco.

Com a finalidade de incrementar, adicione paio, linguiça ou outras carnes da sua vontade. Faça em uma frigideira separada e adicione na pressão no mesmo tempo da cenourinha.

Em conclusão, para acompanhar, um pãozinho, um queijo ralado por cima e uma pimenta são boas pedidas.

Bolinho frito de banana sem ovo

O bolinho frito de banana sem ovo é uma das receitas mais tranquilas para fazer. Antes de tudo, a ideia de usar as bananas que estão ficando bem passadas já me motiva no preparo. Ao mesmo tempo substituo o uso do ovo na receita, o que é uma boa e posso usar eles em outras receitas, só para ilustrar.

O preparo é simples e desse modo dá para preparar um café da tarde, rápido e delicioso. Gosto de passar uma geleia ou um doce de leite caseiro no bolinho quentinho, ainda que tenha passado canela e açúcar. Seja como for, o importante é aproveitar e comer algo saboroso.

Ingredientes

  • 1 xícara de farinha de trigo;
  • 3 colheres de sopa de açúcar cristal;
  • Meia xícara de leite morno;
  • 1 colher de sopa de fermento;
  • 1 banana madura amassada;
  • Canela e açúcar refinado para confeitar.

 

Modo de preparo

A princípio misture a farinha com o açúcar cristal. Em seguida acrescente o fermento. Com o leite morno, vai adicionando aos poucos, de tal forma que tenha uma massa homogênea. Por fim, adicione a banana amassada e misture. Assim que a banana estiver bem dissolvida na massa, estará pronta para a fritura.

Nesse meio tempo esquente o óleo em uma panela. Utilize o truque do fósforo no óleo com o intuito de saber quando estiver bem quente.

Coloque pequenas porções tanto quanto couber em uma colher de sopa. No momento em que dourar, retire e reserve em um prato com papel toalha com o fim de absorver a gordura.

Ao passo que fritar todos os bolinhos, coloque de acordo com o seu gosto a canela e o açúcar refinado.

Em suma, uma geleia de frutas e um bom cappuccino cremoso podem ser uma boa pedida para comer junto com o bolinho frito de banana sem ovo.

Como fazer feijão

Um desafio e tanto para quem está começando a se aventurar na cozinha é como fazer feijão. O medo pode ser por conta da panela de pressão que têm inúmeras historias de explosões ou de deixar ele muito duro ou uma pasta.

O foco em como fazer feijão é saber deixar ele de molho. Tempo de cocção e como fazer ele sem panela de pressão. Como congelar e como preparar depois de descongelado.

Descanso do feijão

Deixar o feijão, em descanso, em uma vasilha com água ajuda a retirar partes dos gases presentes nos grãos. Ao mesmo tempo ajuda a selecionar os grãos de feijão que estão estragados, pois eles flutuam.

Com a finalidade de realizar o descanso, coloque de noite antes de dormir ou de manhã antes de sair para trabalhar. Além disso, troque a água quando formar algumas espumas nos cantos da vasilha.

Panela de pressão

Antes de tudo, vamos falar da panela de pressão.

Caso tenha uma panela de pressão, tome alguns cuidados básicos:

  • Observe se a válvula vermelha da tampa está se movendo. Em resumo, a válvula de emergência levanta quando a panela pegar pressão e por essa válvula vermelha sairá o ar, evitando assim uma possível explosão;
  • Da mesma forma, observe o pino da panela, veja se ele levanta com facilidade, se não tem obstrução na saída de baixo da tampa. Lave a tampa sempre antes de usar e se acaso tiver duvidas, assopre na saída de ar para ver se o pino levanta com a pressão;
  • Por fim veja a borracha de vedação da tampa com a panela. Se perceber um desgaste grande e nesse sentido achar que ela pode romper com muita pressão, não utilize e troque no momento que puder.

Tomando esses cuidados não apenas terá tranquilidade para cozinhar, como também resultará em melhores resultados no uso da panela de pressão.

Tempo de cocção

O feijão precisa de bastante tempo de fogo para cozinhar bem. A panela de pressão sem dúvida ajuda muito no tempo de preparo. Posto que nem todo mundo tenha panela de pressão, deixar ele  de molho já vai ajudar muito nesse processo.

Para um bom cozimento, coloque o feijão na panela e coloque dois dedos de água acima dos grãos. Não coloque sal ou qualquer outro tempero, isso é fundamental para poder conservar o feijão no congelador.

Com a panela de pressão, 20 a 30 minutos quando a panela começar a apitar já o deixa pronto. De maneira idêntica em uma panela convencional, deixe ferver a água, coloque em fogo baixo e cozinhe por 1 hora.

Congelando o feijão

Depois que cozinhar o feijão, espere esfriar um pouco e morno ainda, distribua em pequenas porções em potes e leve ao congelador. Uma vez que estiver na geladeira, o feijão pode durar até 2 meses sem problemas.

Como fazer feijão

Enfim vamos temperar e comer esse feijão. Para tempera vai muito de como você gosta de saborear e qual a finalidade do preparo. Os ingredientes podem variar com o intuito de fazer um feijão para o dia a dia ou uma feijoada completa, só para exemplificar.

Ingredientes
  • 1 dente de alho;
  • 1 folha de louro;
  • 50 gramas de bacon ou paio picado;
  • Metade de uma cebola pequena;
  • Sal no seu gosto.
Modo de preparo

Em uma panela, adicione o bacon picado com um fio de óleo e o deixe dourar bem. Por conseguinte, coloque a meia cebola picada e o dente de alho picado também.

Nesse ínterim, inclua o feijão congelado e vá mexendo até começar a soltar parte do caldo no fundo da panela. Assim que formar um caldinho, coloque a folha de louro e mexa aos poucos, até dissolver o bloco de feijão. Quando começar a ferver, coloque o sal e espere até o caldo ficar um pouco espesso, coisa de 10 minutos.

Caso esteja cozinhando o feijão fresco e descongelado, repita o primeiro processo e adicione a folha de louro junto com o feijão.

Em conclusão, faça com os ingredientes que goste. E sempre que quiser mais caldo, adicione uma concha de água enquanto o feijão estiver fervendo.

Guacamole

O abacate é a base da guacamole e é uma fruta muito abundante aqui no Brasil. A receita é primordialmente simples e pode ser feita para diferenciar no churrasco com a galera. Ou, todavia, pode ser incluído no almoço do dia a dia, como opção de salada. Enfim, o importante é comer bem, sempre.

Em época de abacate, sempre faço guacamole para comer com pãozinho ou uma bolachinha de água e sal durante o dia. É legal fazer alguns nachos caseiros também e fazer uma guacamole e um patê de alho para servir junto.

Ingredientes

  • 1 abacate maduro
  • 1 tomate
  • ½ cebola roxa
  • 1 dente de alho
  • Suco de 2 limões espremidos
  • Sal e pimenta do reino a gosto.

Preparo

Primeiramente, cortamos os tomates em cubos pequenos e da mesma forma cortamos a cebola roxa. O alho pode ser picado ou esmagado até virar uma pasta, tanto quanto queira sentir na comida.

Coloque o tomate, a cebola roxa e o alho no recipiente final e inclua o suco dos dois limões espremidos. Deixe o limão agir um pouco com a cebola e o alho, em virtude de deixar eles levemente cozidos com o ácido cítrico.

Nesse meio tempo, abra o abacate e faça cortes diagonais sem retirar da casca. Espalhe o sal e a pimenta do reino igualmente por todo o abacate.

Em seguida, com a ajuda de uma colher, retire o abacate com cuidado e coloque no recipiente com os outros ingredientes. Misture tudo conforme vá acrescentando o abacate, sem esmagar muito ele. Está pronta sua guacamole.

Combina bem com pães e torradas, acompanhamento de salgados, sobretudo em carnes e saladas. Use a sua imaginação a fim de provar uma mistura de sabores diferenciada.

Macarrão anjinho cremoso no forno

O preparo do macarrão anjinho cremoso no forno é super-rápido, afinal o que queremos é ganhar tempo. E ficará igualmente saboroso, com toda a certeza o macarrão com queijo derretendo é muito gostoso.

Depois que Marco Polo trouxe a receita do macarrão da China, o preparo foi aperfeiçoado e melhorado. Dessa maneira, incluímos tudo que é tipo de ingrediente e preparo para deixar o macarrão mais rápido e pratico de fazer.

Ingredientes

  • 500 g de macarrão cabelo de anjo;
  • 2 caixa de creme de leite;
  • 200 g de queijo mussarela;
  • 1 pacotinho de queijo parmesão ralado;
  • 100 g de presunto;
  • Meio tomate;
  • Meia cebola roxa;
  • Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo

Antes de tudo, ligue o forno a 180°C e deixe pré aquecendo.

Em principio, pique o tomate em cubinhos e corte a cebola roxa em tiras. Rale o presunto ao passo que fique em pequenas tiras. Caso compre o queijo mussarela em fatias, corte-as na transversal, de tal forma que tenha varias tiras compridas.

Logo depois, em um refratário de vidro ou uma forma retangular comprida, coloque o macarrão cabelo de anjo em ordem com um pequeno espaço entre cada pedaço. Dessa forma ele cozinhará melhor.

Por fim, adicione, dentro do macarrão, a cebola roxa em tiras e o tomate picado. Despeje o creme de leite igualmente por todo o refratário. Nesse ínterim acrescente o sal e a pimenta do reino conforme seu gosto. Em seguida, inclua da mesma forma o queijo mussarela e o presunto ralado.

Leve ao forno a 220°C por 25 minutos, deixando dourar bem o queijo. Por fim, coloque o queijo parmesão ralado por cima e uma cebolinha e salsinha picada, caso queira.

Enfim está pronto seu macarrão anjinho cremoso no forno.

Strogonoff sem ketchup

A princípio, esse strogonoff sem ketchup pode parecer mais do mesmo. É um dos pratos que o brasileiro mais gosta. Mesmo que tenha criticas, pode ser feito com carne de boi, de frango, com legumes, com proteína de soja e até doce.

Só para ilustrar, essa receita é simples e vão poucos ingredientes. Está totalmente aberta para adaptações e seguir o que o seu paladar achar mais conveniente.

Ingredientes

  • 500 gramas de carne de patinho em tiras;
  • 200 gramas de champignon;
  • 1 caixa de creme de leite;
  • 4 tomates grandes;
  • ½ cebola roxa;
  • 2 dentes de alho;
  • Sal e pimenta do reino a gosto.

Modo de preparo do strogonoff

Antecipadamente, pique os dentes de alho e corte da mesma forma as cebolas e tomates em cubos pequenos. Coloque um fio de azeite em uma panela. Logo depois acrescente a cebola roxa em cubos, deixe dourar e coloque o alho picado. Baixe o fogo e em seguida adicione o tomate picado e mexa um pouco.  Em suma, deixe cozinhando lentamente.

Nesse meio tempo vamos lidar com a carne. Em uma frigideira frite as tiras de carne, aos poucos, de tal forma que sele os lados por igual. Assim que fritar, deixe reservado.

Ao passo que o tomate estiver cozido e pastoso, adicione um copo de água, o sal, a pimenta do reino e o champignon. Refogue para que reduza e misture bem o tempero. Caso o champignon for aqueles de pacotinho, escorra metade da água e adicione o restante do volume na panela e esqueça o copo de água.

Uma vez que recomeçar a fervura, inclua a carne aos poucos e do mesmo modo o creme de leite. Mexa em fogo alto até atingir fervura, por fim, deixe cozinhando por 10 minutos, remexendo algumas vezes para não queimar o fundo.

Finalmente agora atualmente está pronto para servir esse strogonoff sem ketchup. Acompanhe com um arroz soltinho, uma batata palha e por que não os dois.

Torta gelada de limão

A torta gelada de limão é uma sobremesa deliciosa e, no entanto, não é difícil de preparar. Ao mesmo tempo em que não precisa de forno.

Gosto de fazer essa receita para comer aos pouco, pois a torta gelada de limão fica no congelador e acabo esquecendo. Às vezes compro uma barra de chocolate meio amargo, derreto e jogo por cima, fica uma delicia.

Ingredientes

  • 200 g de bolacha maisena ou bolacha Maria;
  • 1 caixa de creme de leite;
  • 1 caixa de leite condensado;
  • Suco de 2 limões;
  • ½ xícara de açúcar;
  • 1 pitada de sal;
  • 3 colheres de sopa de margarina.

Modo de preparo

Em primeiro lugar, triture a bolacha no liquidificador até formar uma farofa. Ou coloque as bolachas em um saco bem fechado, bata até quebrar o tanto quanto conseguir. Com a finalidade de preparar a massa da torta, derreta as colheres de margarina, caso não esteja em temperatura ambiente.

Em uma forma, coloque as bolachas moídas e a margarina. Comece a misturar com as mãos e desse modo comece a modelar uma cavidade, ajeitando nas paredes de tal forma que fique uma camada grossa. Assim que terminar, leve para o congelador.

Em segundo lugar, vamos ao preparo do recheio. No liquidificador, acrescente o creme de leite e a metade de uma xícara de açúcar. Ao propósito de deixar cremoso, bata em velocidade lenta.

Ao passo que atingir o ponto, em seguida, adicione a caixa de leite condensado, espere misturar bem e acrescente a pitada de sal. Adicione o suco de dois limões, por conseguinte, e bata mais um pouco.

Retire a forma da geladeira, antes de tudo, observe se existe algum buraco na massa e ajeite cuidadosamente com o dedo. Coloque o recheio lentamente sobre a massa, distribuindo igualmente por toda a superfície.

Leve novamente para o congelador por algumas horas, dependendo da potência, para ficar muito gelado.

Depois que a torta gelada de limão estiver pronta, sirva com uma calda de chocolate ou suspiros caseiros.

Patê de alho

Talvez provavelmente você tenha provado um patê de alho, passado no pão e considerado maravilhoso. Não apenas tenha gostado como também deve ter visto aqueles de pacotes fechados.

Essa receita de patê de alho se aproxima daqueles de pacote e é uma ótima pedida para aquele churrasco em casa. Não apenas pro churrasco, mas para comer com outras coisas e sob o mesmo ponto de vista, ter o gostinho do alho a hora que quiser.

Ingredientes

  • 1 ½ xícara de leite;
  • 3 ovos;
  • 5 dentes de alho;
  • 1 colher de sopa de sal;
  • 1 xícara de óleo;
  • 2 colheres de sopa de maisena;
  • 4 fatias de queijo mussarela.

Modo de preparo

Em um liquidificador ou mixer, adicione a 1 xícara de leite, os 3 ovos,  os 5 dentes de alho cortados ou em pasta e bata em baixa velocidade. No momento em que começar a misturar tudo, acrescente a xícara de óleo aos poucos. Em seguida, adicione as fatias de queijo e aumente a velocidade do liquidificador.

Uma vez que estiver tudo bem misturado, coloque a massa liquida  em uma panela e deixe em fogo baixo, mexendo sempre. Logo que começar a fervura, inclua as colheres de maisena e não pare de mexer.

Por conseguinte a mistura liquida começara a se tornar uma pasta da mesma forma que uma manteiga. Estará pronto quando estiver uma massa sólida e desmanchando fácil na espátula ou colher.

Como resultado terá um tanto de óleo no fundo da panela. Com o intuito de separar o patê do óleo, utilize uma peneira fina ou retire aos poucos com uma espátula. Só para exemplificar, pode misturar algumas gotas de pimenta para deixar o patê de alho levemente picante.

Conserve na geladeira em um pote e use para passar no pão, para acompanhar carnes ou saladas. Com toda a certeza, sua imaginação pode pensar em outras combinações.

Mandioca cozida com alho

Essa mandioca cozida com alho é uma combinação fantástica. Uma vez que você provar esse prato, não vai mais querer comer mandioca cozida de outro jeito.

Lembro quando provei essa mandioca cozida com alho e inesperadamente me apaixonei. Primeiramente não dei muita atenção, todavia me surpreendi com a mistura do alho com margarina no momento em que provei essa delicia.

A receita é simples de tal forma que poucos ingredientes tem como resultado um preparo rápido. Caso não tenha panela de pressão, a receita pode ser feita numa panela normal, fervendo a água antes e adicionando a mandioca em seguida.

Se acaso gostar muito de alho, acrescente o quanto quiser. Muito alho ainda é pouco.

 Ingredientes

  • 1 quilo de mandioca;
  • 4 dentes de alho;
  • 3 colheres de margarina;
  • Sal a gosto.

Modo de preparo da mandioca cozida

Em uma panela de pressão, adicione a mandioca cortada em pedaços grandes. Cubra com água até igualmente de um dedo acima. Coloque sal a gosto e leve ao fogo alto. Quando pegar pressão, deixe por 10 minutos. Caso queira uma mandioca desmanchando, deixe por 15 minutos.

Corte os alhos em rodelas finas ou pique bem elas. Leve-as para a frigideira, adicionando duas colheres de margarina. Refogue até o alho ficar bem dourado.

Tire a mandioca da panela de pressão, posteriormente levando para um escorredor de macarrão. Na panela, adicione uma colher de margarina e mantenha o fogo baixo. Logo que derreter, acrescente a mandioca. Coloque algumas pitadas de sal a sua vontade.

Coloque o alho dourado e mexa devagar de tal forma que doure todos os pedaços da mandioca. Em suma, está pronto para servir essa deliciosa mandioca cozida com alho.

Acompanha essa receita com algum assado, como carne de porco ou brócolis e cenouras assadas no forno. Combina da mesma forma com um franguinho ao molho.

Bolo de Mel Gostoso

Um dos meus doces favoritos é o pão de mel e achei no bolo de mel gostoso uma substituição de maneira idêntica. A textura, a combinação do mel com o chocolate como se fosse um só, me deixam com muita água na boca.

Onde moro é difícil encontrar um bom pão de mel. Desse modo construí essa receita de bolo de mel na esperança de alcançar algo próximo do pão de mel e sem gastar tanto.

Assim sendo, comprei um pote de meio litro de mel num preço e aproveitei a base de um bolo simples para elaborar essa delicia.

Ingredientes

  • 2 xícaras de farinha de trigo;
  • 1 ½ xícara de açúcar refinado;
  • 2 xícara de chocolate em pó ou achocolatado;
  • 2 ovos;
  • 4 colheres de sopa de óleo vegetal ou 3 colheres de sopa de margarina;
  • 1 xícara de leite;
  • ¾ de xícara de mel;
  • 1 colher de sopa de fermento.

Modo de preparo do bolo de mel

Primeiramente vamos lidar com os ingredientes secos. Em uma vasilha grande e com a ajuda de uma peneira com a finalidade de deixar sem nenhuma bolinha. Acrescente o trigo peneirado, depois o açúcar peneirado e 1 xícara do chocolate em pó.

Misture esses ingredientes e antes de tudo, misture o mel com a outra xícara de chocolate em pó, homogeneizando bem até formar uma pasta de chocolate.

Ligue o forno e pré aqueça á 180ºC por 15 minutos.

Com a finalidade de desinformar depois, unte uma forma retangular com óleo e farinha.

Em seguida lidaremos com os ingredientes líquidos. Abra um buraco na massa de tal forma que crie uma cratera, adicione as quatro colheres de óleo e os dois ovos. Mexa bem essa mistura e logo após acrescente a pasta de chocolate com mel.

Por fim, adicione o leite. Leve para a batedeira por 5 minutos ou com a ajuda de um garfo bata na mão por 15 minutos.

Se estiver utilizando a batedeira, desligue-a, acrescente a colher de fermento e misture cuidadosamente por 5 minutos. Do mesmo modo, se estiver batendo na mão, adicione o fermento nos 5 minutos finais.

Leve a massa pronta para a forma e asse por 35 minutos á 180ºC. Não abra o forno antes disso. Nesse ínterim, espete um garfo e se ele sair limpo, o bolo já está bem assado e pronto.

Se acaso quiser uma boa cobertura ou um recheio diferente, faça um brigadeiro de mel e canela. Sem defeitos e garantia de sucesso com esse bolo de mel gostoso.