Pimenta da braba é algo que realça sabores na comida e também ajuda a esconder o gosto ruim de outros pratos.

Preparar uma boa pimenta requer um pouco de cuidado, pois a ardência se espalha entre os utensílios, nas mãos e onde mais a pimenta tocar. Tenha um copo de leite por perto.

Eu escolho a pimenta malaqueta por conta do preço e por sua facilidade de encontrar aqui onde moro.

O que precisa:
  • 1 dente de alho;
  • 200 g de pimenta malagueta;
  • Gengibre (do tamanho do dente de alho);
  • 1 colherinha de pimenta calabresa;
  • Azeite de oliva (uso aquele misto de latinha, bem mais em conta);
  • Vinagre;
  • 1 colher de açúcar.
Como preparar:

Primeiramente vamos lidar com tudo que não tenha pimenta.

Pique o alho e o gengibre. Coloque em um potinho, com três colheres de azeite e uma colher de vinagre, adicione a pimenta calabresa e reserve.

Pegue 3 pimentas e corte ela em tiras. Caso queira diminuir a ardência, retire as sementinhas. Adicione as tiras de pimenta com o marinado de alho e gengibre. Cubra com mais azeite e deixe descansando de 2 a 12 horas.

Em uma garrafa ou num vidro de conserva, esse vai ser o recipiente final, coloque metade das pimentas inteiras. Corte a outra metade das pimentas em 4 partes e coloque no recipiente.

Com cuidado (caso esteja fazendo em uma garrafa, utilize um funil), adicione o açúcar e todo o conteúdo do marinado. Aos poucos, vá intercalando o azeite e dando batidas leves no recipiente, para não terem espaços vazios.

Finalizando o processo do azeite, cubra o restante com vinagre. Tampe bem e chacoalhe o recipiente para misturar o azeite e o vinagre.

Condicione por 2 a 3 dias em um lugar sem luz. Utilize conforme o seu gosto  e lembre que essa pimenta é da braba!

1 comentário em “Pimenta da braba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *